Esclerose Múltipla

2,5 milhões
é o número estimado de pessoas com EM a nível mundial
30 anos
é nesta idade que surgem os primeiros sintomas
2 a 3 vezes
mais frequente em mulheres que em homens
O que é a Esclerose Múltipla (EM)?
A EM é uma doença incapacitante, crónica, e que a longo prazo impossibilita a vida laboral ativa dos portadores; um dos sintomas mais característicos é a fadiga, muitas vezes de difícil compreensão pela sociedade no geral.

Tipos de Esclerose Múltipla 

A divisão da EM em tipos clínicos de acordo com a progressão da doença é muitas vezes uma questão de avaliação em retrospectiva do que se passou até determinado momento. O facto de se ter, num determinado momento uma forma específica de EM, não significa que se possa prever com segurança como a EM poderá progredir no futuro.
 
Doentes com EM Surto-Remissão

EM Surto-Remissão

Aproximadamente 85% das pessoas com EM recebem um diagnóstico inicial de EM Surto-Remissão. Caracteriza-se por surtos, seguidos por períodos de remissão com recuperação total ou parcial dos efeitos sentidos.
Doentes com Esclerose Múltipla Secundária Progressiva

EM secundária progressiva

Este tipo de EM inicia-se com a forma clínica de surtos, e à medida que o tempo passa instala-se uma perda gradual das funções, sendo as recuperações frequentemente incompletas.
Doentes com Esclerose Múltipla Primária Progressiva

EM primária progressiva

Este tipo de EM não apresenta surtos, mas num período de anos vai-se instalando uma perda gradual e insidiosa das funções do corpo.
The World vs. MS
Desafio global convida doentes com esclerose múltipla a “exigir mais” da sua vida
The World vs MS: “Exija mais”