Imagem em 3D de coronavírus visto ao microscópio

A Resposta Global da Sanofi à pandemia de COVID-19

Compromisso da Sanofi durante a pandemia COVID-19

À medida que a pandemia do COVID-19 tem evoluído rapidamente em todo o mundo, a Sanofi não dá tréguas à sua missão e persegue o trabalho que desenvolve diariamente para garantir o acesso da população a medicamentos e vacinas que salvam vidas.

A partir do momento em que a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou oficial esta pandemia, a Sanofi tem colaborado com os governos e autoridades de saúde globais para desenvolver uma vacina contra o vírus, além de testar opções de tratamento através de medicamentos já existentes.

Muitos dos nossos colaboradores com formação médica voluntariaram-se ou foram recrutados para ajudar quem trabalha na linha da frente, a tratar doentes graves. Temos apoiado totalmente este trabalho de voluntariado e implementado medidas para manter a segurança de todos os nossos colaboradores, famílias e comunidades.

Aproveitamos o nosso legado no desenvolvimento de vacinas

A Sanofi Pasteur, a unidade global de vacinas da Sanofi, tem colaborado com a Autoridade de Pesquisa e Desenvolvimento Avançado Biomédico, parte do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, através do trabalho que foi desenvolvido anteriormente na descoberta de uma vacina contra a SARS e a plataforma recombinante de vacinas, para facilitar a investigação de uma vacina contra o COVID-19.

Em termos práticos, isto significa que a pesquisa e o material clínico podem ser produzidos relativamente rápido. Atualmente, estamos a trabalhar com a Protein Sciences, uma empresa Sanofi, que trabalhou anteriormente no desenvolvimento de uma vacina contra a SARS, e também estamos a cooperar com a Aliança para Inovações de Preparação Epidémica (Coallition for Epidemic Preparedness Innovations - CEPI), que coordena o desenvolvimento de futuras vacinas contra patógenos epidémicos específicos identificados pela OMS.

Estimamos ter um candidato à vacina disponível para testes in vitro dentro de seis meses e potencialmente entraremos em ensaios clínicos dentro de um ano e meio.

Exploramos opções de tratamento alternativas

A Sanofi está a investigar se alguns dos medicamentos que produzimos atualmente poderão ser opções de tratamento para o COVID-19. Neste sentido, já iniciámos, em colaboração com a Regeneron, um programa clínico que avalia uma opção de tratamento para doentes graves e hospitalizados com COVID-19.

Trabalhamos para evitar a escassez de medicamentos

Atualmente, estamos a trabalhar para manter o fornecimento de todos os medicamentos e vacinas Sanofi, e para assegurar a saúde pública, através de uma estreita colaboração com os nossos fornecedores em todo o mundo. A nossa rede industrial global está operacional, incluindo França, China e Itália, e a diversidade do nosso abastecimento permite a continuidade do negócio com todos os nossos medicamentos por enquanto, e face aos desafios levantados pela pandemia do COVID-19.

Paralelamente, continuamos comprometidos com os doentes envolvidos nos nossos ensaios clínicos e temos sido capazes de manter a continuidade dos ensaios em curso.

Mantemos os ensaios clínicos

Sessenta por cento dos 300 estudos clínicos que estão em curso encontram-se na fase de recrutamento. A Sanofi está em contacto próximo com os locais onde esses ensaios clínicos decorrem, para dar apoio e orientações que garantam a segurança dos doentes. Priorizamos as nossas operações de fornecimento de medicamentos para garantir o abastecimento dos doentes atualmente inscritos nos nossos ensaios e estamos a aproveitar os nossos parceiros de distribuição e unidades de ensaios clínicos para antecipar desafios alfandegários que possam surgir como resultado da crise. Além disso, o fornecimento direto de medicamentos direcionados ao doente (DTP) está a ser implementado caso a caso.

Naturalmente, temos observado uma desaceleração no recrutamento dos nossos ensaios clínicos, particularmente nos países mais afetados pelo COVID-19, e em áreas como as doenças respiratórias, que podem tirar os recursos hospitalares da emergência atual. Mantemos a mesma abordagem pragmática para novos ensaios, priorizando as indicações com necessidade médica elevada e entendendo que cada local de estudo tomará a sua própria decisão sobre o início de um novo estudo, com base na situação do país.

Garantimos a segurança dos nossos colaboradores

Implementámos recomendações científicas para impedir a disseminação do COVID-19 em todas as nossas operações, de modo a proteger a saúde dos colaboradores Sanofi e respetivas famílias. O nosso comité de crise global está ativamente a trabalhar para ajudar a evitar a exposição das equipas ao vírus, enquanto monitoriza continuamente o potencial impacto nas nossas atividades comerciais. As equipas locais de crise também estão a trabalhar em diferentes países para gerir as realidades locais dos colaboradores.

A Sanofi continuará a avaliar continuamente as implicações desta pandemia na saúde global – e o nosso papel na luta contra o vírus - e manteremos a estreita colaboração com organizações e governos de saúde para minimizar o risco e o impacto do COVID-19.

Este site usa cookies para guardar informação no seu computador. Alguns cookies neste site são essenciais, pois permitem melhorar o desempenho e a experiência de navegação do utilizador, aumentando a rapuidez e a eficiência de resposta. Para saber mais sobre os cookies e os seus benefícios, por favor consulte a nossa política de cookies

Ao fechar esta mensagem ou ao navegar no website, está a concordar com a nossa utilização de cookies neste dispositivo, de acordo com a nossa política de cookies, a não ser que os tenha desactivado.

Para saber mais
OK